Quem somos

Em 1988 Marco Amaral encontra um anuncio que mudaria sua vida “faça teatro”, um ano depois ingressa na companhia Intervalo dirigida pelo professor Ítalo mudado, com ele realiza quatro espetáculos. Em 1992 entra para o teatro universitário, realiza sua primeira produção em 1994, com o espetáculo” O Grande Inquisidor”, o que consagra sua vontade e desejo pela arte o que não o deixaria mais parar. Em 1995, 96, 97 realiza como ator vários espetáculos como: Vestido de Noiva - Nelson Rodrigues –. A Alma Boa de Setsuan - Bertold Brecht - Na Era do Rádio - Clóvis Levi - Branca de Neve - Fernando Gomes - Muito Barulho Por Nada - William Shakespeare.  Em 1998 realiza duas Produções profissionais associado à produtora Iza Rodrigues, os espetáculos Robin Hood 1998/2001 e Pobre Super Homem - Brad Fraser 1998/2000.

Em 2000 estréia sua terceira produção O conto do Vigário - João Bethencourt – 2000/2004. Em 2001 funda a produtora P5 com os atores Emerson Rezende, Ana Nery e produz a quarta produção, O Musical O Corcunda de Notre Dame - Victor Hugo – 2001/2003. Em 2004 encerra a P5 Produções Artísticas, e cria a Marco produções dando inicio a sua carreira como Produtor e escritor, escrevendo, produzindo e dirigindo o espetáculo Meu Tio é... Tia – 2004, em 2006 o espetáculo O Menino e a Água, 2007 é convidado a dirigir A virgem de quarenta, texto de Aziz Bajur, 2008 dirigi o espetáculo Uma noiva se disputa, Texto de Aziz Bajur, e também o espetáculo empresarial A Loja – Como encantar seu cliente (texto, produção e direção), 2009 realiza sua Sétima produção Brincando Com os Homens (texto, produção e direção), estréia também A loja II (texto, produção e direção), 2010 dirigi o espetáculo Amar é uma comédia de Wesley Machiori, Copas produções e estréia Atendimento é tudo (Tex. Prod.e Dir), em 2011 dirigi o espetáculo O Defunto sem cova de Angelo Machado, Heloarte produções.

© Copyright, 2011-2017 | Todos os direitos reservados | Marco Produções Teatrais